Search

Elaina's Story with Epilepsy and Keto Diet


Desliza para ler a versão em Português.


Hi, I'm Elaina! And I have epilepsy.

I got my first tonic clonic seizure at age 23. My epilepsy is diagnosed by idiopathic and focal seizures. I had a head trauma when I was 23 years old, and that caused my first seizure. However they haven't found anything yet with MRI or EEG. The next step is stereo EEG (Eletroencephalogram).

By then I was working on TV and film industry in London. I was modeling on the side too. It was a huge shock, and affected a lot my self esteem. I got a lot worse, before I got better. It was a two year battle, trying different medications. First I went on two medications that didn't work, plus I constantly had fear of falling. Until I finally found the right meds for me, and they changed my life completely, now I take Trileptal.

I eventually realized film industry was wrong for me. Then I decided to get a second masters, in management and corporate finance, That was when I moved to Stockholm, Sweden. I worked as a full-time in an accounting firm while studying. However, the high stress caused by work and studies, brought me lot's of seizures.

One night, during a seizure, I bit very hard my tongue, and my two sisters found me laying on the bed. My face was purple blue and my lips had lot's of blood pouring from my mouth, onto the pillow. It was terrible, I felt so bad, and I felt bad for my family too. In that moment, I realized that epilepsy was hurting and affecting everyone I cared about.

I finished my masters and I have a new job now. I got offered a job as an international trade and development advisor at the Irish embassy in Sweden.

Now, I know my number one trigger is sugar. I have had seizures for 3 months straight, every night.

I am very exited with KETO DIET, last week I decided to try it. Incredibly I am seizure free for 6 days, and this a phenomenal result for me. I have decided to stick with the diet and see how it goes!

I feel much stronger since I've seen that there are amazing women talking about their life with epilepsy on instagram. They are just like me, and they are living daily with epilepsy and have happy lives.


Thank you Rafaela, and i epilepsy.






Oi, eu sou Elaina! E eu tenho epilepsia.

Eu tive minha primeira crise tônico clônica aos 23 anos. Fui diagnosticada por convulsões idiopáticas e focais. Eu tive um traumatismo craniano aos 23 anos, e isso causou minha primeira convulsão. No entanto, eles não encontraram nada ainda com ressonância magnética ou EEG. O próximo passo é o EEG estéreo (Eletroencefalograma).

Na época, eu estava trabalhando na TV e na indústria cinematográfica em Londres. Eu estava trabalhando como modelo, também. Foi um choque enorme o diagnostico, e afetou muito minha auto estima. Eu fiquei muito pior, antes de melhorar. Foi uma batalha de dois anos, tentando diferentes medicamentos. Primeiro eu tomei duas medicações que não funcionaram, e eu constantemente tinha medo de cair. Até que eu finalmente encontrei os remédios certos para mim, e eles mudaram minha vida completamente, hoje eu tomo Trileptal.

Eu finalmente percebi que a indústria cinematográfica nao era para mim. Então decidi obter um segundo mestrado, este em administração e finanças corporativas. Foi quando me mudei para Estocolmo, na Suécia. Eu trabalhei em em uma empresa de contabilidade enquanto estudava. No entanto, o alto estresse causado pelo trabalho e estudos me trouxe muitas convulsões.

Uma noite, durante uma convulsão, mordi muito forte a língua e minhas duas irmãs me acharam deitado na cama. Meu rosto estava roxo e meus lábios tinham muito sangue saindo da minha boca, o travesseiro estava completamente ensanguentado. Foi terrível, me senti tão mal e me senti mal por minha família também. Naquele momento, percebi que a epilepsia estava afetando a todos com quem eu me relacionava.

Eu terminei meu mestrado e agora tenho um novo emprego. Me ofereceram um emprego como consultora de comércio internacional e desenvolvimento na embaixada Irlandesa na Suécia.

Agora, eu sei que meu gatilho número um é o açúcar. Eu tive convulsões por 3 meses seguidos, todas as noites.

Estou muito animada com a DIETA CETOGENICA, que na semana passada decidi comecar. Incrivelmente eu estou livre de convulsoes por 6 dias, e isso é um resultado fenomenal para mim. Eu decidi continuar com a dieta e ver como vai ser!

Eu me sinto muito mais forte desde que eu vi que há mulheres incríveis falando sobre sua vida com epilepsia no instagram. Eles são como eu, e vivem diariamente com epilepsia e têm vidas felizes.


Obrigado Rafaela, e i epilepsy.

0 views

© 2023 by Proudly created with Wix.com